Central Sindical
 
 
UNIÃO SINDICAL DOS TRABALHADORES
 
 

  



 
">
 
 


CBAPI realizará encontro Internacional de aposentados 

 A CBAPI – Central Brasileira dos Aposentados se reuni na sede do Sindicato dos Bancários do ABC, em Santo Andre - Rua Cel. Francisco Amaro, 87, no dia 28 de agosto - 9:00 horas. A pauta do 1° encontro Internacional vai debater sobre conjuntura nacional e internacional com a presença do representante UIS - União Internacional de Sindicatos de Aposentados da FSM – Federação Sindical Mundial, Quim Boix, Secretario Geral.

Na pauta vamos discutir a realidade nacional e armar politicamente a entidade para enfrentar as lutas do próximo semestre, e propor ações e debates sobre os impactos da reforma da Previdência e a Jornada de Mobilização de Aposentados e Aposentadas contra a perdas históricas dos direitos de aposentadoria.


   

Vanilda Martins Presidente Nacional CBAPI

A Presidente, Vanilda Martins tem o objetivo de organizar a luta dos aposentados, pensionistas e idosos pela recuperação do poder aquisitivo dos benefícios recebidos e por melhores condições de vida, a CBAPI – Central Brasileira dos Aposentados Pensionistas e Idosos da Central Sindical UST.

 A CBAPI significa a consolidação na construção de uma entidade sindical forte e representativa dos aposentados e pensionistas do nosso país, com a certeza que os eleitos estão comprometidos com a luta por melhores condições de vida para os aposentados e pensionistas.

 O sindicato foi criado para organizar a luta de aposentados e pensionistas do Brasil.

A Presidente Vanilda Martins e o Secretario Geral Mauro Alves, foram eleitos por aclamação na II Assembleia Geral em 25 de junho de 2017, comprometido em resgatar a auto-estima dos aposentados, no avanço das conquistas de seus direitos.

  O Presidente da Central Sindical UST, Carlos Borges, afirmou que os companheiros foram eleitos para  realizar a  história de luta na defesa dos direitos dos trabalhadores aposentados, por isso tenho a certeza que irão desempenhar muito bem a tarefa de dirigir e fortalecer a luta dos aposentados, pensionistas e idosos.

 

CBAPI  baile Vemelho e Branco dos aposentados


O evento, realizado às 16 horas, neste domingo dia 11 de dezembro 2016, baile vermelho e branco, congregou cerca de 200 pessoas Associação Parque Oratório. O presidente nacional da Central Sindical UST, Carlo Borges, acompanhado da Diretora Jurídica Dr. Izildinha, sob a organização da Secretaria Geral Vanilda, pessoa que é sendo um incansável lutador pelos direitos dos Aposentados e Idosos.

Com show ao vivo, com brilhante animação do Zezinho DESTAK, os aposentados desfrutaram de momentos de descontração, com muita dança e reencontro com os amigos. Durante o evento também foram reafirmadas as lutas dos Aposentados no Brasil como o pelo fim da reforma PREVIDENCIARIA, que reduz em até 40% os rendimentos dos cidadãos quando vão se aposentar e aumenta a idade do trabalhador.

 A Secretaria Vanilda falou da importância deste evento e de outros realizados pela CBAPI, para aproximarmos ainda mais a nossa relação com nossos associados. Lembramos que somos 25 milhões de aposentados e pensionistas no Brasil, nós precisamos crescer, precisamos continuar a luta pela política contra ao Reforma  Previdenciária que tiram nossos direitos.


   
     
 
 
CBAPI - UST
 
         ATO DE ENFRENTAMENTO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA
 
CBAPI – Central Brasileira dos Aposentado filiada à Central Sindical UST, promoveu um ato de protesto contra a reforma da Previdência do governo Temer, na manhã desta terça feira, Dia Nacional do Aposentado, 24 de janeiro de 2017, em Santo André- São Paulo
A proposta de reforma da Previdência do governo Temer retira vários direitos do trabalhador, destacamos um, que prevê o estabelecimento de idade mínima em 65 anos para mulheres e homens, a adoção de uma idade mínima para a aposentadoria, que poderá aposentar aos 70 anos. Também está nos planos do governo o corte de benefícios, como o auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez.
   
     Aposentados participam da caravana,
 Dia Nacional de Mobilização contra as REFORMAS


A secretaria Geral da CBAPI, VANILDA, organiza a caravana dos trabalhadores de diferentes categorias que participam da caravana em apoio ao Dia Nacional de Mobilizações contra as Reformas. Os aposentados e pensionistas ligados à CBAPI – Central Brasileira do Aposenta e Pensionista participa da caravana, e manifesta dizendo um sonoro “não” às reformas trabalhistas e da Previdência, programadas pelo governo Michel Temer (PMDB).

Em relação à Previdência, Temer quer impor uma idade mínima de 65 a 70 anos para os trabalhadores brasileiros se aposentarem. Além disso, quer reduzir aposentadorias e pensões para menos de um salário mínimo.  O protesto também vai defender o emprego e exigir medidas que garantam estabilidade para todos os trabalhadores.


1º Encontro Nacional dos Aposentados  

 

Encontro de aposentados

aprova agenda de luta

presentes em um encontro realizado em São Paulo, aprovaram um agenda de lutas que, prevê total engajamento às mobilizações convocadas para o dia 15 de março, vão participar das mobilizações do Dia Nacional de luta contra PEC 287.

O Encontro em defesa da Previdência e pela valorização dos aposentados e pensionistas foi organizado pela CBAPI, e contou com a presença de aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa.
Lideranças participaram do Seminário, entre elas, Central Sindical UST membros da Diretoria executiva - Carlos Borges, Enivam Gomes e Valter Costa, estiveram presentes durante todo o encontro, contribuindo para os debates nos diversos temas os companheiros: Elizete Rosa de Minas Gerais, Vanderlei Siraque e a Professora Bete Siraque.
Para a secretaria geral da CBAPI, Vanilda Martins, o Encontro cumpriu o seu papel de provocar a as principais reivindicações dos aposentados, como reajustes iguais aos do salário mínimo, recuperação das perdas acumuladas e melhoria da estrutura de saúde pública dirigida à terceira idade.
Os dois eixos aprovadas no Encontro; 1-Intensificar as ações dos aposentados e pensionistas em defesa de seus direitos, recuperação e ampliação dos benefícios e em defesa da Previdência pública, do SUS e do sistema da Seguridade Social;
2-Apoiados em nossas associações de aposentados, pensionistas e idosos, representantes dos sindicatos presentes, buscaremos ampliar e fortalecer a unidade de ação para enfrentar o governo, em defesa de nossas reivindicações.
    

O governo Temer quer jogar mais uma bomba sobre os trabalhadores, vai anunciar um novo ataque nas aposentadorias, é mais uma reforma da previdência para igualar homens e mulheres a idade mínima  65 anos. Significa exigir mais tempo de O governo vem tentando construir um consenso em torno da proposta, o objetivo é aumentar trabalho e contribuição para o trabalhador se aposentar. Além disso, também quer limitar os regimes de aposentadoria rural e dos servidores públicos, assim como modificar as fontes de custeio e financiamento.  Se isto acontecer será um verdadeiro ataque à classe trabalhadora, vem perdendo direitos sobre a aposentadoria e se vendo obrigada a trabalhar cada vez mais.

Preparar luta contra a reforma da previdência, a CBAPI vai realizar o 1° Encontro na Assembleia Legislativa de São Paulo  contra a reforma da previdência, e propor a unidade de ação com todos que se dispuserem a barrar essa reforma, combater o fator previdenciário fórmulas alternativas, como o fator 85/95 – 95/105.

               
 Reforma da Previdência aprofunda ataque à aposentadoria da classe trabalhadora

Governo Temer tem a tarefa de aplicar com rapidez a Reforma Previdenciária e fazer com que os trabalhadores paguem pela crise na Previdência, provocada, principalmente, pelos calotes dos capitalistas. As empresas devedoras da Previdência Social alcançaram R$ 200 bilhões. São milhares de devedores, que incluem bancos públicos e privados, governos estaduais, prefeituras municipais, empresas aéreas, empresas estatais, grandes hospitais públicos e privados, empresas multinacionais, clubes de futebol, entidades “filantrópicas” (lucrativas), Cooperativas, grandes Empreiteiras, Empresas Prestadoras de Serviços, Indústrias, e muita e muitas outras empresas e instituições de todos os segmentos econômicos do Brasil.

O governo atual não é um governo fruto da vontade popular, é tão repudiado pela população como era o governo Dilma e assume os ataques que serão desferidos contra a classe trabalhadora e o povo pobre.

 Os aumentos de impostos ou a instituição novamente do CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) que recairá sobre nossos bolsos, além do corte de verbas para saúde, incentivos as privatizações e outras politicas de arrocho.

Fortalecer a luta unificada

Será necessária muita resistência para barrar a Reforma e temos a tarefa de mobilizar com rapidez os movimentos populares para resistir e  lutar. A Central Sindical UST e a COBAPI – Central Brasileira dos Aposentados, Pensionista e Idoso se posiciona contra a reforma do governo Temer e fara oposição frontal a esse governo e suas políticas antitrabalhador.

É um governo representante dos grandes empresários, banqueiros, latifundiários, do grande capital nacional e internacional. Vamos para as ruas e para os locais de trabalho defender as aposentadorias irrisórias contra o maior arrocho proposto pela reforma da Previdência com todo vigor e firmeza, e vamos continuar defendendo o campo alternativo das lutas dos trabalhadores, do povo pobre e da juventude, que são oposição ao governo Temer.